Instalações Elétricas

disjuntoresASSIST Instalações Elétricas e Montagem de quadros de distribuição:

Em qualquer instalação elétrica, devemos saber como realizar os procedimentos correspondentes à execução de um projeto elaborado previamente, em conformidade com as especificações previstas na NBR 5410 (norma que regulamenta as instalações elétricas em baixa tensão) e NR-10 (segurança em instalações e serviços em eletricidade). A energia que chega até nossas residências provém da rede de distribuição da concessionária, que seria a companhia de eletricidade responsável pelo fornecimento desse serviço.

No caminho até os interruptores e tomadas, essa energia passa pelo quadro de medição que está associado a um equipamento o qual mede o consumo mensal (medidor) e daí então chega através de um ramal de entrada ao chamado quadro de distribuição de onde partirão os circuitos que irão alimentar pontos de luz (ou lâmpadas), interruptores para acionamento das lâmpadas (comandos), tomadas que fornecerão energia aos aparelhos eletroeletrônicos a elas plugados, além de cargas cuja potência é considerada elevada como chuveiros elétricos, máquinas de lavar, forno micro-ondas, etc.

contactoras

A montagem:

Em primeiro lugar as instalações podem ser classificadas de acordo com o tipo de alimentação do elemento de proteção geral chamado disjuntor. Esse dispositivo é responsável por evitar danos aos circuitos a serem energizados, possuindo uma chave que desliga quando a corrente nominal permitida pela carga for ultrapassada. Nesse caso por questões de segurança a chave desarma protegendo assim as instalações quanto a avarias provocadas por um curto-circuito ou sobrecarga.

Cabeamento estruturado wrA organização:

Presando sempre a organização para melhor entendimento dos dispositivos e circuitos ligados ao QD (Quadro de Distribuição) é de grande importância a identificação e padronização da nomenclatura utilizada para tal. Em diversas situações a ASSIST se deparou com QD’s sem nenhuma identificação, complicando assim a análise do defeito e onerando ainda mais a mão de obra para reparar e ou reorganizar os circuitos. A prática de organização e identificação pode ser equiparada a adotada no cabeamento estruturado e regido assim por normas mais completas e esclarecedoras de ORGANIZAÇÃO, IDENTIFICAÇÃO e POSICIONAMENTO dos quadros de distribuição. Tendo tudo isso em mente o fornecedor (instalador, eletricista, projetista) pode economizar em material, mão de obra e ainda oferecer suporte a futuras ampliações na estrutura.

Cabeameno estruturado poko preco florianopolis canas vieiras (51)

Resumo:

Tendo em vista todos o itens abordados no texto acima fica claro que para executar a obra com excelência temos que estar munidos de bons profissionais. Levando em conta a escolha de bons materiais e equipamentos para as instalações. Para obtermos um resultado satisfatório e assim reduzir o investimento em materiais e mão de obra, reduzindo também o tempo para conclusão da instalação. Menor custo total e menos tempo para execução, igual a um cliente feliz e satisfeito. A ASSIST aposta na simplicidade, transparência e seriedade em tudo que faz, garantindo assim bons resultados em seus projetos.

 Referencia

Deixe uma Resposta.

Area de atuação

Telefonia.
Servidores.
Fibra óptica.
Rede elétrica.
Redes de dados.
Segurança eletrônica.

LEIA MAIS

Produtos e Serviços

Manutenção de computadores.
Implantação e suporte a REDES.
Instalação e manutenção em CFTV-IP.
Instalações elétricas e manutenção.
Venda de componentes e periféricos.
Implantação e suporte a SERVIDORES.
Contrato de suporte 24/7 para empresas.

LEIA MAIS
 
REVENDEDOR